domingo, 15 de janeiro de 2012

Sistema Cardiovascular - O Coração



Coração palpitando, vasos pulsando, sangue vazando de um ferimento. O sistema circulatório tem profundo impacto sobre nossa consciência. Cada parte do corpo depende de um fluxo estável do sangue que dá vida. 

A mais vital das bombas, o coração, é quase totalmente muscular e, se maltratado, pode enfraquecer-se e degenerar, comprometendo seu próprio suprimento sanguíneo. Distúrbios do coração e da circulação são geralmente causados por abuso e excesso: Tabagismo; excesso de alimentos, que leva à obesidade; e pouco exercício físico, dando ao conjunto do sistema uma falta de propósito na vida.

Nós, como enfermeiros, devemos ter conhecimento sobre seu funcionamento, para podermos garantir uma melhor assistência, termos bases para dar orientações e nos realizarmos como profissionais.

O sistema cardiovascular se compõe do coração, dos vasos sanguíneos e do sangue. Por ser um assunto extenso, estarei postando por partes. Começando pelo coração.

O coração é um órgão potente, do tamanho aproximado de um punho fechado, localizado na caixa torácica, levemente à esquerda da linha mediana, posteriormente ao esterno e costelas, superior ao diafragma, e entre os pulmões, no mediastino. Ele opera como duas bombas (direita e esquerda) coordenadas que enviam sangue por todo corpo.

Ele tem quatro câmaras: 2 átrios (átrio direito e átrio esquerdo) e 2 ventrículos (ventrículos direito e esquerdo).

O átrio direito é a câmara que recebe o sangue venoso proveniente das veias cavas superior e inferior. Deságua no ventrículo direito, do qual é separado pela valva tricúspide. No átrio direito encontram-se duas estruturas importantíssimas para o automatismo cardíaco: o nó sinusal e o nodo atrioventricular.

O átrio esquerdo é a câmara que recebe sangue arterial proveniente das veias pulmonares. Deságua no ventrículo esquerdo, do qual é seprado pela valva mitral.

Ventrículo direito é a cavidade do coração responsável pelo bombeamento do sangue na circulação pulmonar. Recebe o sangue venoso do átrio direito. Deságua no tronco da artéria pulmonar, de quem é separado pela válvula pulmonar.

O ventrículo esquerdo é a cavidade do coração que recebe sangue arterial proveniente do átrio esquerdo. É a última câmara no coração, antes de o sangue ser liberado para a circulação sistêmica através da aorta. É separado da aorta pela valva aórtica.

VALVAS DO CORAÇÃO


Como visto anteriormente, o coração tem quatro valvas para controlar o fluxo sanguíneo. Cada uma tem a mesma estrutura básica, embora elas difiram em certos detalhes. As valvas são estruturas formadas basicamente por tecido conjutivo. O que regula o fechamento e a abertura da valvas são as pressões dentro das câmaras cardíacas.

Na diástole (relaxamento cardíaco) o coração está relaxado, abrem-se as cavidades cardíacas, entra o sangue nos átrios e depois nos ventrículos, mas não reflui o sangue para trás da artéria para coração porque as valva pulmonar e aórtica estão fechadas nesse momento.

Na sístole (contração muscular) o coração se contrai e o sangue deve ir dos ventrículos para as artérias, então as valvas pulmonar e aórtica estão abertas, O sangue não reflui para trás em direção ao átrios porque na sistole ventricular as valvas tricúspide e mitral se fecham.

As duas valvas atrioventriculares situam-se entre os átrios e os ventrículos, sendo elas: Tricúspide e mitral. A valva mitral tem duas cúspides, e a valva tricúspide, como diz o nome, tem três.

As valvas semilunares ficam nas saídas dos ventrículos, sendo elas: Aórtica e pulmonar.

CONSTITUIÇÃO

O coração está envolvido pelo pericárdio, um saco membranoso composto por duas camadas. Entre essas duas camadas acha-se um espaço que contem um líquido seroso, que lubrifica a superfície do coração, protegendo-o de traumas e atritos. Separa o coração dos pulmões e das paredes do tórax. A parede do coração propriamente dito consiste de três camadas: O epicárdio é a camada externa lisa; o miocárdio é a camada muscular média, espessa; é responsável pela ação de bombeamento cardíaco. É capaz de trabalhar ininterruptamente. O endocárdio é a membrana que reveste o interior do coração, entra em contato com o sangue.

SUPRIMENTO SANGUÍNEO DO CORAÇÃO


A parede muscular do coração, ou miocárdio, é constatemente ativa e necessita de um generoso suprimento de oxigênio e energia de sangue. Para provê-lo, o músculo cardíaco tem a sua própria rede de vasos sanguíneos, conhecida como artérias coronárias. Essas duas artérias - direita e esquerda - ramificam-se a partir da artéria principal, a aorta, imediatamente após esta deixar o coração, dividem-se sobre a superfície do coração e enviam vasos sanguíneos menores para o músculo cardíaco. A disposição da veias coronárias, que coletam os restos do metabolismo do músculo cardíaco, é similar. A maior parte do sangue dessas veias é coletada pelo seio coronário, uma grande veia na parte posterior do coração que se esvazia no átrio direito.

FUNCIONAMENTO 

O coração está frequentemente contraindo e relaxando (evento esse, chamdo de sístole e diástole respectivamente) para bombear sangue para todo o corpo. É uma bomba hidráulica, onde os tubos de saída são as árterias e os tubos de entrada são as veias. O líquido que circula em seu interior é o sangue. Seu sincronismo atua como se fossem duas bombas trabalhando simultaneamente. O átrio direito e o ventrículo direito tem a função de arrastar o sangue para os pulmões, onde ocorre a troca gasosa (o dióxido de carbono sai, o oxigênio entra). Por outro lado, o átrio e o ventrículo esquerdos têm o trabalho de arrastar o sangue enriquecido de oxigênio para todas as partes do corpo.

Em outra postagem, estarei explicando Como o Coração Bate.

Com certeza, a anatomia do coração possui inúmeros detalhes. Caso deseje realizar uma pesquisa, pesquise sobre cordas tendíneas, musculos papilares etc.

Não se esqueça, que isto é apenas um resumo de um grande espetáculo que é o Coração Humano. Recomendo a todos o livro Tratado de Fisiologia Médica de Guyton e Hall, onde há o Sistema Cardiovascular e os demais sistemas bem detalhados e explicados.

Deixo com vocês um vídeo interessante explicando o funcionamento do coração.

 
 
Logo estarei postando mais sobre o Sistema Cardiovascular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário